Medos, fugas e autossabotagem

Muitas vezes evitamos situações na vida as quais nos deparamos com conteúdos que tocam nossas feridas e memórias relacionadas a dor, a perda, a rejeição, ao abandono, a não valorização de nosso potencial humano e de alma.
Muitas vezes a vida nos traz situações as quais temos que exatamente olhar para estas questões. Enquanto de fato não tivermos coragem, clareza e discernimento para enfrentarmos nossos monstros internos, para elaborarmos e honrarmos o que foi vivido, para que então possamos seguir em frente sem carregarmos o peso da vida que já passou e não nos alimenta mais, a própria vida seguirá nos proporcionando experiências para que possamos curar nossas feridas e memórias que continuamente evitamos o contato, para que possamos realizar nossa jornada de vivermos com leveza, plenitude, amor e felicidade.
Muitas vezes quando nossa história pode ser escrita de maneira diferente, permeada pela beleza, criamos situações internas, que refletem em nossas relações externas, de autossabotagem, pois muitas vezes, inconscientemente, é mais confortável vivermos nos velhos padrões de dor e medo, do que termos forças e coragem de rompermos com a agonia e o sofrimento e nos entregarmos ao recomeçar, as infinitas possibilidades da beleza do viver. Sim, somos merecedoras. Que possamos curar nossas feridas do passado, para vivermos nosso presente dentro da esfera da luz, construindo um futuro permeado de amor, boa comunicação, confiança e paz.

Joana Netz

Joana Netz é apaixonada pela vida. Sempre se interessou pelos saberes ancestrais, pelas sociedades que compreendem a interligação entre o espírito e a matéria, pela natureza, pelo lado selvagem, simples e belo do viver. Questões sociais, como a resignificação do que é ser mulher pela visão e sentir das mulheres, a sanação da energia feminina e masculina na Terra e a importância da visibilidade das culturas e povos originários na sociedade contemporânea são temas pontuais de sua pesquisa e escrita.É terapeuta corporal com foco na saúde da mulher, no Ayurveda e no habitar conscientemente nosso corpo-universo. É Moon Mother, ginecologista natural, dançaterapeuta e percussionista. Criadora do Lab Corpo Pulsante, que tem como pilares o yoga, a dança, a expressividade e a arte.

 

Joana Netz

Cadastre seu email e receba todas as novidades

Desenvolvido com amor por Bárbara Blauth